O que é: Visões de Ezequiel e seus significados?

O que é: Visões de Ezequiel e seus significados?

Ezequiel é um dos profetas do Antigo Testamento da Bíblia, e seu livro é repleto de visões e revelações divinas. As visões de Ezequiel são conhecidas por sua complexidade e simbolismo, e têm sido objeto de estudo e interpretação ao longo dos séculos. Neste glossário, exploraremos algumas das visões mais importantes de Ezequiel e seus significados.

1. A visão do trono de Deus

A primeira visão de Ezequiel ocorre no capítulo 1 do livro, onde ele descreve uma visão de um trono celestial rodeado por seres viventes e uma glória brilhante. Essa visão representa a majestade e a soberania de Deus, e é um lembrete do poder divino sobre todas as coisas.

2. A visão do vale dos ossos secos

No capítulo 37, Ezequiel tem uma visão de um vale cheio de ossos secos, que representam o povo de Israel em seu estado de desespero e desolação espiritual. Deus ordena a Ezequiel que profetize sobre os ossos, e eles se unem e se tornam vivos novamente. Essa visão simboliza a restauração e a renovação espiritual do povo de Israel.

3. A visão do templo

No capítulo 40, Ezequiel tem uma visão detalhada de um novo templo que será construído em Jerusalém. Essa visão descreve em detalhes as medidas e os rituais do templo, e representa a restauração da adoração a Deus e a renovação da aliança entre Deus e o povo de Israel.

4. A visão do rio de água viva

No capítulo 47, Ezequiel tem uma visão de um rio que flui do templo, trazendo vida e cura por onde passa. Esse rio representa a presença de Deus e a bênção que Ele traz para o seu povo. A visão também simboliza a restauração espiritual e a renovação da terra.

5. A visão dos querubins

No capítulo 10, Ezequiel tem uma visão dos querubins, seres angelicais que guardam a presença de Deus. Essa visão representa a santidade e a proteção divina, e mostra a importância de reverenciar a presença de Deus.

6. A visão da glória de Deus deixando o templo

No capítulo 10, Ezequiel também tem uma visão da glória de Deus deixando o templo de Jerusalém, devido à corrupção e idolatria do povo de Israel. Essa visão representa o afastamento de Deus devido ao pecado e a necessidade de arrependimento e restauração.

7. A visão do juízo de Deus

No capítulo 9, Ezequiel tem uma visão do juízo de Deus sobre Jerusalém, onde anjos são enviados para marcar os justos e destruir os ímpios. Essa visão representa a justiça divina e a necessidade de prestar contas por nossas ações.

8. A visão da glória de Deus retornando ao templo

No capítulo 43, Ezequiel tem uma visão da glória de Deus retornando ao templo de Jerusalém, após a restauração espiritual do povo de Israel. Essa visão representa a reconciliação entre Deus e seu povo, e a renovação da aliança.

9. A visão dos ossos secos revivendo

No capítulo 37, Ezequiel tem uma segunda visão dos ossos secos, onde Deus sopra o fôlego de vida neles e os faz reviver. Essa visão simboliza a ressurreição e a restauração da vida espiritual.

10. A visão dos líderes corruptos de Israel

No capítulo 34, Ezequiel tem uma visão dos líderes corruptos de Israel, que exploram e negligenciam o povo. Essa visão representa a condenação dos líderes injustos e a promessa de Deus de cuidar e pastorear o seu povo.

11. A visão da guerra de Gogue e Magogue

No capítulo 38, Ezequiel tem uma visão de uma grande guerra entre Gogue e Magogue, que representam nações inimigas de Israel. Essa visão representa a proteção divina sobre o seu povo e a derrota de seus inimigos.

12. A visão da nova Jerusalém

No capítulo 48, Ezequiel tem uma visão da nova Jerusalém, uma cidade perfeita e santificada por Deus. Essa visão representa a restauração completa e a glória final do povo de Deus.

13. A visão da glória de Deus enchendo o templo

No capítulo 43, Ezequiel tem uma visão da glória de Deus enchendo o templo de Jerusalém, simbolizando a presença divina e a bênção de Deus sobre o seu povo. Essa visão representa a restauração espiritual e a renovação da adoração a Deus.

As visões de Ezequiel são ricas em simbolismo e significado, e oferecem uma visão profunda da relação entre Deus e seu povo. Ao estudar e interpretar essas visões, podemos obter insights valiosos sobre a natureza de Deus e o propósito de sua obra na história humana.