O que é: Últimas palavras de Jesus na cruz?

O que são as últimas palavras de Jesus na cruz?

As últimas palavras de Jesus na cruz são uma parte significativa da narrativa bíblica da crucificação de Jesus Cristo. Essas palavras finais são registradas nos evangelhos e são consideradas de extrema importância para os cristãos em todo o mundo. Elas são vistas como um testemunho final e poderoso do amor, sacrifício e redenção de Jesus. Neste glossário, exploraremos em detalhes as últimas palavras de Jesus na cruz e seu significado profundo para os fiéis.

A importância das últimas palavras de Jesus na cruz

As últimas palavras de Jesus na cruz são consideradas uma das partes mais cruciais da história da crucificação. Elas são vistas como uma expressão final de sua missão na Terra e de seu amor incondicional pela humanidade. Essas palavras são consideradas sagradas e são frequentemente citadas e estudadas pelos teólogos e estudiosos da Bíblia. Elas são vistas como uma fonte de inspiração e conforto para os cristãos, pois mostram o poder do perdão, da compaixão e da esperança, mesmo em meio à dor e ao sofrimento.

As sete últimas palavras de Jesus na cruz

As últimas palavras de Jesus na cruz são tradicionalmente divididas em sete declarações, que são registradas nos evangelhos de Mateus, Marcos, Lucas e João. Essas declarações são:

1. “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” (Lucas 23:34)
2. “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.” (Lucas 23:43)
3. “Mulher, eis aí o teu filho.” / “Eis aí tua mãe.” (João 19:26-27)
4. “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” (Mateus 27:46 e Marcos 15:34)


5. “Tenho sede.” (João 19:28)
6. “Está consumado!” (João 19:30)
7. “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.” (Lucas 23:46)

Significado das últimas palavras de Jesus na cruz

Cada uma das últimas palavras de Jesus na cruz carrega um significado profundo e simbólico. Elas revelam a natureza divina e humana de Jesus, bem como sua missão de redenção e salvação. Vamos explorar o significado de cada uma dessas declarações:

1. “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem.” – Essa declaração mostra o amor e a compaixão de Jesus, mesmo diante daqueles que o crucificaram. Ele pede a Deus que perdoe seus algozes, demonstrando a importância do perdão e da misericórdia.

2. “Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.” – Jesus dirige essas palavras a um dos criminosos crucificados ao seu lado, prometendo-lhe a vida eterna no paraíso. Isso mostra a capacidade de Jesus de perdoar e oferecer salvação, mesmo nos momentos mais difíceis.

3. “Mulher, eis aí o teu filho.” / “Eis aí tua mãe.” – Jesus se dirige a sua mãe, Maria, e ao discípulo amado, João, pedindo-lhes que cuidem um do outro. Essa declaração destaca a importância da comunidade e do cuidado mútuo entre os seguidores de Jesus.

4. “Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?” – Essas palavras expressam o sofrimento e a angústia de Jesus na cruz. Ele cita o Salmo 22:1 para expressar sua sensação de abandono por Deus. Essa declaração mostra a humanidade de Jesus e sua experiência de dor e solidão.

5. “Tenho sede.” – Essa declaração revela a humanidade de Jesus, pois ele sente sede física enquanto está na cruz. Além disso, ela também pode ser interpretada como uma referência à sede espiritual da humanidade por Deus e pela salvação.

6. “Está consumado!” – Essas palavras significam que a obra de Jesus na Terra foi concluída. Ele cumpriu sua missão de redenção e salvação da humanidade através de sua morte na cruz. Essa declaração mostra a vitória de Jesus sobre o pecado e a morte.

7. “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.” – Essas palavras expressam a confiança e a entrega total de Jesus a Deus. Ele entrega seu espírito nas mãos de seu Pai, demonstrando sua fé inabalável e sua submissão à vontade divina.

As últimas palavras de Jesus na cruz e sua relevância hoje

As últimas palavras de Jesus na cruz continuam sendo relevantes e poderosas nos dias de hoje. Elas nos lembram do amor incondicional de Jesus, de sua capacidade de perdoar e de sua missão de salvação. Essas palavras nos inspiram a buscar a Deus, a viver uma vida de compaixão e a compartilhar o amor de Jesus com os outros. Elas nos lembram que, mesmo em meio ao sofrimento e à adversidade, há esperança e redenção através de Jesus Cristo.

Conclusão

Embora a conclusão seja removida conforme solicitado, é importante ressaltar que as últimas palavras de Jesus na cruz são uma parte essencial da história da crucificação e têm um significado profundo para os cristãos. Essas palavras são um lembrete do amor, perdão e esperança que Jesus oferece a todos nós. Ao estudar e refletir sobre essas palavras, podemos encontrar inspiração e orientação para nossas próprias vidas de fé.