O que é: Tesouro no céu e sua menção em Mateus?

O que é: Tesouro no céu e sua menção em Mateus?

Quando se fala em tesouro no céu, muitas pessoas podem se perguntar o que exatamente isso significa e qual é a sua importância. Essa expressão é mencionada no livro de Mateus, um dos evangelhos do Novo Testamento da Bíblia, e possui um significado profundo e espiritual. Neste artigo, vamos explorar o conceito de tesouro no céu e sua menção em Mateus, buscando compreender seu contexto e aplicação na vida cristã.

O contexto bíblico de Mateus

Antes de mergulharmos no tema do tesouro no céu, é importante entendermos o contexto bíblico em que essa expressão é mencionada. O livro de Mateus foi escrito por volta do ano 70 d.C. e é considerado um dos evangelhos sinóticos, juntamente com os livros de Marcos e Lucas. Mateus, um dos doze apóstolos de Jesus, escreveu esse evangelho com o objetivo de apresentar Jesus como o Messias prometido no Antigo Testamento.

Em Mateus, encontramos uma série de ensinamentos e parábolas de Jesus, que abordam temas como o Reino dos Céus, a justiça de Deus e a vida cristã. É nesse contexto que a expressão “tesouro no céu” é mencionada, como uma metáfora para descrever algo de valor eterno e espiritual.

O significado de tesouro no céu

Quando Jesus fala sobre o tesouro no céu, Ele está se referindo a algo muito mais valioso do que riquezas materiais ou bens terrenos. Ele nos convida a buscar um tesouro que não se corrompe, que não pode ser roubado ou destruído. Esse tesouro está relacionado à nossa comunhão com Deus, à nossa vida espiritual e à nossa relação com o Reino dos Céus.

Em Mateus 6:19-21, Jesus diz: “Não acumulem para vocês tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde os ladrões arrombam e furtam. Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam. Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração”. Essas palavras nos convidam a repensar nossas prioridades e a buscar um tesouro que transcende o materialismo e as preocupações terrenas.

A importância do tesouro no céu

O tesouro no céu é importante porque nos lembra que a vida não se resume apenas ao que podemos ver e tocar. Ele nos convida a olhar para além das aparências e a investir em algo que terá valor eterno. Ao buscar o tesouro no céu, estamos direcionando nossas energias e recursos para aquilo que realmente importa, para aquilo que nos aproxima de Deus e nos ajuda a viver de acordo com Seus princípios.

Além disso, o tesouro no céu nos lembra da brevidade da vida terrena e da importância de vivermos de forma consciente e intencional. Ao investirmos em coisas passageiras e temporais, corremos o risco de perder de vista o propósito maior da nossa existência. O tesouro no céu nos convida a vivermos de forma alinhada com os valores do Reino de Deus, buscando agradar a Ele em todas as áreas da nossa vida.

A relação entre o tesouro no céu e as boas obras

Uma das questões que podem surgir ao refletirmos sobre o tesouro no céu é a relação entre essa ideia e as boas obras. Afinal, como podemos acumular tesouros no céu? A resposta está intimamente ligada às nossas ações e atitudes no presente.

Jesus nos ensina que as boas obras são uma expressão do nosso amor por Deus e pelo próximo. Ao amarmos e servirmos ao próximo, estamos investindo em algo que tem valor eterno. Em Mateus 25:34-40, Jesus diz: “Então o Rei dirá aos que estiverem à sua direita: ‘Venham, benditos de meu Pai! Recebam como herança o Reino que lhes foi preparado desde a criação do mundo. Pois eu tive fome, e vocês me deram de comer; tive sede, e vocês me deram de beber; fui estrangeiro, e vocês me acolheram; necessitei de roupas, e vocês me vestiram; estive enfermo, e vocês cuidaram de mim; estive preso, e vocês me visitaram'”. Essas palavras de Jesus nos mostram que nossas ações de amor e compaixão têm um valor eterno aos olhos de Deus.

A recompensa do tesouro no céu

Uma das promessas associadas ao tesouro no céu é a recompensa que receberemos por investir em algo de valor eterno. Em Mateus 6:20, Jesus diz: “Mas acumulem para vocês tesouros no céu, onde a traça e a ferrugem não destroem, e onde os ladrões não arrombam nem furtam”. Essa promessa nos encoraja a perseverar na busca do tesouro no céu, sabendo que seremos recompensados de forma abundante e duradoura.

No entanto, é importante ressaltar que a recompensa do tesouro no céu não deve ser o nosso principal motivo para buscar uma vida de fé e obediência a Deus. Devemos buscar o tesouro no céu por amor a Deus e por desejo de viver de acordo com Seus princípios, confiando que Ele é fiel para recompensar aqueles que O buscam de todo o coração.

Conclusão

Em resumo, o tesouro no céu é um conceito espiritualmente profundo mencionado no livro de Mateus. Ele nos convida a buscar algo de valor eterno, que transcende as riquezas materiais e as preocupações terrenas. Ao investirmos em tesouros no céu, estamos direcionando nossas energias e recursos para aquilo que realmente importa, para aquilo que nos aproxima de Deus e nos ajuda a viver de acordo com Seus princípios. As boas obras e a recompensa eterna são aspectos importantes desse conceito, mas devemos buscar o tesouro no céu por amor a Deus e por desejo de viver de forma alinhada com Seus valores.