O que é: Profeta Malaquias e sua mensagem sobre o dízimo?

O que é: Profeta Malaquias e sua mensagem sobre o dízimo?

O profeta Malaquias é uma figura importante no Antigo Testamento da Bíblia. Ele foi o último profeta do período do Antigo Testamento e suas mensagens são consideradas fundamentais para entender a relação entre Deus e o povo de Israel. Malaquias é conhecido por suas profecias sobre o dízimo, um tema que ainda é debatido e discutido nos dias de hoje. Neste glossário, exploraremos quem foi o profeta Malaquias, qual era sua mensagem sobre o dízimo e como isso se aplica aos dias atuais.

Quem foi o profeta Malaquias?

Malaquias foi um profeta que viveu no século V a.C. Ele foi o último profeta do Antigo Testamento e suas mensagens foram registradas no livro que leva seu nome. Pouco se sabe sobre a vida pessoal de Malaquias, mas suas profecias são consideradas de extrema importância para o povo de Israel.

A mensagem de Malaquias sobre o dízimo

Uma das mensagens mais conhecidas de Malaquias é sobre o dízimo. No livro de Malaquias, capítulo 3, versículo 10, ele diz: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança”.

O que é o dízimo?

Antes de entendermos a mensagem de Malaquias sobre o dízimo, é importante compreender o que é o dízimo em si. O dízimo é uma prática antiga que remonta aos tempos bíblicos, onde as pessoas eram instruídas a dar uma décima parte de seus rendimentos a Deus. Essa prática era vista como uma forma de adoração e reconhecimento da soberania de Deus sobre todas as coisas.

A importância do dízimo na mensagem de Malaquias

Malaquias enfatiza a importância do dízimo como uma forma de sustento para a casa de Deus. Ele exorta o povo de Israel a trazer todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na casa de Deus. Essa mensagem ressalta a necessidade de sustentar o trabalho do Senhor e garantir que os recursos necessários estejam disponíveis para o cumprimento de Sua obra.

A promessa de bênçãos no dízimo

Além de enfatizar a importância do dízimo como sustento para a casa de Deus, Malaquias também promete bênçãos para aqueles que são fiéis em trazer seus dízimos. Ele diz que, se o povo fizer prova de Deus, Ele abrirá as janelas do céu e derramará uma bênção tão grande que não haverá espaço suficiente para recebê-la. Essa promessa de bênçãos é uma das razões pelas quais o tema do dízimo ainda é discutido e debatido nos dias de hoje.

A aplicação do ensinamento de Malaquias nos dias atuais

Embora as mensagens de Malaquias tenham sido direcionadas ao povo de Israel naquela época, muitos acreditam que seus ensinamentos ainda são relevantes nos dias atuais. A prática do dízimo é vista por muitos como uma forma de adoração e obediência a Deus, além de ser uma maneira de sustentar a obra do Senhor na Terra.

A visão crítica sobre o dízimo

Apesar da importância dada ao dízimo na mensagem de Malaquias, existem também visões críticas sobre essa prática. Alguns argumentam que o dízimo era uma prática específica para o povo de Israel naquela época e que não é obrigatório para os cristãos nos dias atuais. Outros questionam a forma como os recursos provenientes do dízimo são utilizados e se realmente estão sendo direcionados para a obra de Deus.

Outras interpretações sobre o dízimo

Além das visões críticas, existem também outras interpretações sobre o dízimo. Alguns acreditam que o dízimo pode ser entendido como uma forma de contribuição financeira para a igreja, que pode ser utilizada para sustentar a obra do Senhor e ajudar aqueles que estão em necessidade. Essa interpretação enfatiza a importância de ser generoso e compartilhar os recursos que Deus nos tem dado.

A importância do estudo e reflexão sobre o dízimo

Independentemente da visão que se tenha sobre o dízimo, é importante estudar e refletir sobre esse tema. O estudo da mensagem de Malaquias e a reflexão sobre o dízimo nos ajudam a compreender a importância da generosidade, da adoração e da obediência a Deus. Essa reflexão nos leva a questionar nossas motivações e a buscar uma relação mais profunda com o Senhor.

Conclusão

Embora a mensagem de Malaquias sobre o dízimo seja antiga, ela ainda desperta debates e reflexões nos dias de hoje. Seja qual for a visão que se tenha sobre o dízimo, é importante estudar e refletir sobre esse tema, buscando compreender a vontade de Deus e como podemos ser generosos e obedientes em nossas finanças. A mensagem de Malaquias nos lembra da importância de sustentar a obra do Senhor e confiar em Suas promessas de bênçãos.