O que é: Ofícios de Cristo revelados em Hebreus?

O que são os Ofícios de Cristo revelados em Hebreus?

Os Ofícios de Cristo são uma parte fundamental da teologia cristã e são revelados de forma especial no livro de Hebreus, no Novo Testamento da Bíblia. Esses ofícios se referem aos diferentes papéis que Jesus Cristo desempenha em relação à humanidade e à salvação. Eles são três: o ofício de profeta, o ofício de sacerdote e o ofício de rei. Cada um desses ofícios tem suas próprias características e funções específicas, e juntos eles revelam a plenitude do ministério de Cristo.

O ofício de profeta

O ofício de profeta é um dos três ofícios de Cristo revelados em Hebreus. Como profeta, Jesus é aquele que fala em nome de Deus e revela a vontade divina aos seres humanos. Ele é o mensageiro de Deus, trazendo palavras de sabedoria, ensinamentos e profecias. Jesus é o profeta perfeito, pois Ele é Deus encarnado, e Suas palavras são a própria Palavra de Deus. Ele revela a verdade sobre Deus, o plano de salvação e o caminho para a vida eterna.

O ofício de sacerdote

O ofício de sacerdote é outro dos ofícios de Cristo revelados em Hebreus. Como sacerdote, Jesus é aquele que oferece sacrifícios em favor do povo e intercede por eles diante de Deus. Ele é o mediador entre Deus e a humanidade, reconciliando os pecadores com Deus por meio de Seu sacrifício na cruz. Jesus é o sumo sacerdote perfeito, pois Ele ofereceu a Si mesmo como sacrifício pelos pecados de todos os que creem Nele. Ele é capaz de se compadecer dos fracos e tentados, pois Ele mesmo foi tentado em todas as coisas, mas sem pecado.

O ofício de rei

O ofício de rei é o terceiro dos ofícios de Cristo revelados em Hebreus. Como rei, Jesus governa sobre Seu povo e estabelece o Reino de Deus na terra. Ele é o Rei dos reis e Senhor dos senhores, o soberano supremo sobre todas as coisas. Jesus reina com justiça, amor e poder, trazendo salvação, libertação e restauração. Ele é o Messias prometido, o descendente de Davi que veio para estabelecer o Seu reinado eterno. Como rei, Jesus tem autoridade sobre todas as áreas da vida e chama Seus seguidores a viverem de acordo com os princípios do Seu Reino.

A importância dos Ofícios de Cristo

Os Ofícios de Cristo são de extrema importância para a compreensão da obra redentora de Jesus e para a vida cristã. Cada um desses ofícios revela uma dimensão única do ministério de Cristo e nos ajuda a entender quem Ele é e o que Ele fez por nós. Como profeta, Jesus nos ensina a verdade sobre Deus e nos guia no caminho da salvação. Como sacerdote, Ele nos reconcilia com Deus e nos dá acesso à Sua graça e misericórdia. Como rei, Ele nos governa com amor e justiça, nos dando esperança e segurança em meio às tribulações da vida.

A relação entre os Ofícios de Cristo e a salvação

Os Ofícios de Cristo estão intimamente relacionados com a obra de salvação realizada por Ele. Como profeta, Jesus revela a verdade sobre Deus e o plano de salvação. Ele nos ensina sobre o pecado, a necessidade de arrependimento e a oferta do perdão divino. Como sacerdote, Ele oferece a Si mesmo como sacrifício pelos pecados da humanidade, reconciliando-nos com Deus e nos dando acesso à Sua graça. Como rei, Ele estabelece o Seu Reino de justiça e paz, onde encontramos a plenitude da vida e da salvação.

A relevância dos Ofícios de Cristo para os cristãos hoje

Os Ofícios de Cristo não são apenas uma realidade histórica, mas têm uma relevância contínua para os cristãos hoje. Eles nos lembram do amor de Deus por nós e da obra redentora de Jesus. Como profeta, Jesus nos ensina a verdade sobre Deus e nos guia no caminho da santidade. Como sacerdote, Ele nos oferece perdão e reconciliação com Deus, nos dando esperança e paz. Como rei, Ele nos governa com justiça e nos chama a viver de acordo com os princípios do Seu Reino. Os Ofícios de Cristo nos convidam a seguir Jesus em todas as áreas de nossa vida e a experimentar a plenitude da vida em comunhão com Ele.

A relação entre os Ofícios de Cristo e a igreja

Os Ofícios de Cristo também têm uma relação especial com a igreja, o corpo de Cristo na terra. Como profeta, Jesus continua a falar à igreja por meio do Espírito Santo, revelando a vontade de Deus e guiando Seu povo. Como sacerdote, Ele intercede por nós diante de Deus, oferecendo nossas orações e louvores ao Pai. Como rei, Ele governa sobre a igreja, dando-lhe autoridade e direção. Os Ofícios de Cristo nos lembram que a igreja é chamada a ser uma comunidade profética, sacerdotal e real, refletindo a imagem de Cristo no mundo.

Os Ofícios de Cristo e a nossa vida diária

Os Ofícios de Cristo não são apenas conceitos teológicos, mas têm implicações práticas para a nossa vida diária como cristãos. Como profeta, Jesus nos chama a buscar a verdade e a viver de acordo com ela. Ele nos ensina a amar a Deus e ao próximo, a perdoar e a buscar a reconciliação. Como sacerdote, Ele nos convida a nos achegar a Deus com confiança, a oferecer nossas vidas como sacrifício vivo e a interceder pelos outros. Como rei, Ele nos desafia a viver de acordo com os valores do Seu Reino, a buscar a justiça e a paz, e a sermos testemunhas do Seu amor e poder no mundo.

Conclusão

Os Ofícios de Cristo revelados em Hebreus são uma parte essencial da teologia cristã e nos ajudam a compreender a obra redentora de Jesus e a nossa vida como seguidores Dele. Como profeta, sacerdote e rei, Jesus revela a verdade sobre Deus, nos reconcilia com Ele e nos governa com amor e justiça. Esses ofícios têm uma relevância contínua para os cristãos hoje, nos chamando a seguir Jesus em todas as áreas de nossa vida e a viver de acordo com os princípios do Seu Reino. Que possamos buscar uma compreensão mais profunda dos Ofícios de Cristo e permitir que eles transformem nossa vida e nossa relação com Deus e com o próximo.