O que é : Grande Comissão dada por Jesus aos discípulos?

O que é a Grande Comissão dada por Jesus aos discípulos?

A Grande Comissão é um termo utilizado para descrever as instruções finais que Jesus deu aos seus discípulos antes de ascender aos céus. Essas instruções são encontradas no livro de Mateus, capítulo 28, versículos 18 a 20, e são consideradas fundamentais para a missão da igreja cristã.

Autoridade e poder

Jesus começa a Grande Comissão afirmando que toda a autoridade no céu e na terra lhe foi dada. Essa declaração é significativa, pois mostra que Jesus possui uma autoridade suprema e que os discípulos devem agir em seu nome e com seu poder. Essa autoridade e poder são fundamentais para o cumprimento da missão que Jesus está prestes a dar aos seus seguidores.

Ir e fazer discípulos

O principal objetivo da Grande Comissão é que os discípulos de Jesus vão e façam discípulos de todas as nações. Isso implica em compartilhar o evangelho, ensinar as pessoas sobre Jesus e ajudá-las a se tornarem seguidoras de Cristo. Essa tarefa é de extrema importância e deve ser realizada de forma ativa e intencional.

Batizando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo

Além de fazer discípulos, Jesus instrui seus seguidores a batizarem aqueles que se tornarem discípulos. O batismo é um ato simbólico que representa a identificação com Jesus e sua morte, sepultamento e ressurreição. Ao batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, os discípulos estão reconhecendo a natureza trinitária de Deus e a importância da fé em Jesus.

Ensinando a obedecer tudo o que Jesus ordenou

Outra parte essencial da Grande Comissão é o ensino da obediência a tudo o que Jesus ordenou. Isso inclui os ensinamentos de Jesus registrados nos evangelhos, bem como os princípios e valores que ele transmitiu aos seus discípulos. Ensinar a obediência a esses mandamentos é fundamental para o crescimento e amadurecimento dos discípulos de Jesus.

Presença constante de Jesus

Apesar de Jesus ter ascendido aos céus, ele prometeu estar presente com seus discípulos até o fim dos tempos. Essa promessa é reconfortante e encorajadora, pois significa que os discípulos não estão sozinhos na missão de fazer discípulos. Jesus está com eles, capacitando-os e guiando-os em cada passo do caminho.

Desafios e oposições

A Grande Comissão não é uma tarefa fácil. Jesus alertou seus discípulos de que eles enfrentariam desafios e oposições ao compartilhar o evangelho. No entanto, ele também prometeu estar com eles e dar-lhes a força e a coragem necessárias para perseverar. Os discípulos devem estar preparados para enfrentar dificuldades, mas confiantes na vitória final em Cristo.

Universalidade da missão

Quando Jesus diz para fazer discípulos de todas as nações, ele está enfatizando a universalidade da missão. A mensagem do evangelho não é restrita a um grupo específico de pessoas, mas é destinada a todas as nações e culturas. Isso significa que os discípulos devem estar dispostos a ir além de suas próprias fronteiras e compartilhar o amor de Cristo com todas as pessoas.

Importância da comunidade

A Grande Comissão também destaca a importância da comunidade cristã no cumprimento da missão. Os discípulos não são chamados a agir individualmente, mas a trabalhar em conjunto como parte do corpo de Cristo. A comunidade oferece apoio, encorajamento e prestação de contas, tornando a missão mais eficaz e significativa.

Impacto transformador

Ao cumprir a Grande Comissão, os discípulos têm o potencial de causar um impacto transformador nas vidas das pessoas e nas sociedades em que vivem. O evangelho de Jesus tem o poder de mudar corações, restaurar relacionamentos e trazer esperança onde há desespero. Ao compartilhar essa mensagem, os discípulos estão participando da obra redentora de Deus no mundo.

Continuidade da missão

A Grande Comissão não é apenas uma tarefa para os discípulos que viveram na época de Jesus. É uma missão contínua que se estende ao longo dos séculos até os dias de hoje. Todos os seguidores de Jesus são chamados a cumprir essa comissão, independentemente de sua época ou contexto. A missão de fazer discípulos continua sendo relevante e urgente nos dias atuais.

Responsabilidade individual

Embora a Grande Comissão seja uma missão coletiva, cada discípulo individualmente tem a responsabilidade de cumprir sua parte. Isso significa que cada seguidor de Jesus deve estar disposto a compartilhar sua fé, ensinar outros sobre Cristo e viver de acordo com os mandamentos de Jesus. A responsabilidade individual é fundamental para o avanço do Reino de Deus.

Um chamado para todos

A Grande Comissão não é um chamado exclusivo para líderes religiosos ou missionários profissionais. É um chamado para todos os seguidores de Jesus, independentemente de sua posição ou papel na igreja. Cada pessoa que se identifica como discípulo de Cristo é chamada a participar ativamente da missão de fazer discípulos, independentemente de sua área de atuação ou esfera de influência.

Conclusão

A Grande Comissão é uma tarefa desafiadora, mas também repleta de significado e propósito. É um chamado para compartilhar o amor de Cristo, ensinar sobre sua mensagem transformadora e ajudar outros a se tornarem discípulos de Jesus. Ao cumprir essa comissão, os discípulos estão participando da obra redentora de Deus no mundo e contribuindo para o avanço do Reino de Deus.