O que é : Celta – Relativo aos antigos povos da Grã-Bretanha e Europa Ocidental

O que é Celta?

A palavra “Celta” é frequentemente usada para se referir aos antigos povos da Grã-Bretanha e Europa Ocidental. Essa cultura antiga, que floresceu entre os séculos 6 a.C. e 1 a.C., deixou um legado duradouro na história e na cultura dessas regiões. Neste glossário, exploraremos em detalhes quem eram os Celtas, suas origens, sua sociedade, religião, arte e muito mais.

Origens dos Celtas

As origens dos Celtas são um tema de debate entre os historiadores. Alguns acreditam que eles se originaram na região da Europa Central, enquanto outros argumentam que eles eram nativos das Ilhas Britânicas. Independentemente de suas origens exatas, os Celtas se espalharam por uma vasta área, incluindo a Grã-Bretanha, Irlanda, França, Espanha e partes da Europa Central.

Sociedade Celta

A sociedade Celta era organizada em tribos independentes, cada uma liderada por um chefe tribal. Essas tribos eram altamente guerreiras e valorizavam a bravura e a habilidade militar. Os Celtas também eram conhecidos por sua habilidade em metalurgia, produzindo armas e joias de alta qualidade.

Religião Celta

A religião Celta era politeísta, com uma variedade de deuses e deusas adorados. Os Celtas acreditavam que os deuses estavam presentes em todos os aspectos da vida cotidiana e realizavam rituais e sacrifícios para honrá-los. Além disso, os Celtas acreditavam na existência de espíritos e seres sobrenaturais, e tinham uma forte conexão com a natureza.

Arte Celta

A arte Celta é conhecida por sua intrincada e detalhada ornamentação. Os Celtas eram habilidosos em trabalhar com metais, pedras preciosas e madeira, criando joias, armas, esculturas e objetos decorativos. Os padrões geométricos e entrelaçados eram características distintivas da arte Celta, e muitas vezes eram usados para representar animais, plantas e símbolos espirituais.

Idioma Celta

O idioma Celta era falado pelos antigos Celtas e suas variantes ainda são faladas em algumas regiões hoje em dia. O Celta é uma língua indo-europeia e possui várias ramificações, incluindo o gaélico irlandês, o galês e o bretão. Essas línguas têm uma rica tradição literária e são uma parte importante da identidade cultural das regiões onde são faladas.

Expansão Celta

A expansão Celta ocorreu durante os séculos 4 e 3 a.C., quando os Celtas migraram para o sul e leste da Europa. Eles estabeleceram assentamentos em áreas como a Gália (atual França), Península Ibérica e Ilhas Britânicas. Durante esse período, os Celtas entraram em contato com outras culturas, como os romanos, e influenciaram e foram influenciados por elas.

Declínio dos Celtas

O declínio dos Celtas começou com a expansão do Império Romano e a conquista das regiões celtas. Os romanos impuseram sua cultura e governo sobre os Celtas, e muitos aspectos da cultura Celta foram gradualmente assimilados ou perdidos. Além disso, as invasões dos povos germânicos e a cristianização das Ilhas Britânicas também contribuíram para o declínio dos Celtas.

Legado Celta

Mesmo com o declínio dos Celtas, seu legado continua vivo até hoje. A influência Celta pode ser vista na cultura, na arte, na música e nas tradições das regiões onde eles viveram. Além disso, muitas palavras do idioma Celta foram incorporadas nas línguas modernas, e símbolos e padrões Celta ainda são usados como elementos decorativos e espirituais.

Conclusão

Os Celtas foram uma cultura antiga fascinante que deixou um impacto duradouro na história e na cultura da Grã-Bretanha e Europa Ocidental. Sua sociedade guerreira, religião rica em mitologia, arte intrincada e idioma único são apenas alguns dos aspectos que tornam os Celtas tão interessantes de estudar. Ao explorar o glossário acima, esperamos que você tenha obtido uma compreensão mais profunda sobre quem eram os Celtas e seu legado.